Costa do Cacau - Brasil

©2018 BY INSTITUTO CHOCOLATE.- Nível Consultoria

O ataque devastador da doença vassoura de bruxa aos mais de 150 mil hectares de cacaueiro no sul da Bahia, em meados dos anos 80, resultou em uma decadência na produção do fruto e levou o país a uma crise social, ambiental e econômica jamais vista na história. Hoje, três décadas depois, uma outra praga tão ou mais devastadora que a vassoura de bruxa, ameaça o cacau brasileiro. A MONILÍASE está a 20 km da fronteira do Brasil com o Peru. 

 

O sucateamento CEPLAC- Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, instituição que concentra projetos e pesquisas relacionados ao combate das doenças do cacaueiro, vem sendo tratado pelos governos brasileiros com descaso, sem mensurar a gigantesca fonte de conhecimento e de avanço tecnológico, voltado para a cadeia produtiva e de valor do cacau e do chocolate que ela agrega em suas seis unidades espalhadas pelo território nacional, cujo cultivo de cacau é existente. 

 

Dez medidas são necessárias para conter o avanço da monilíase e de outras doenças, evitando que um outro desastre social, econômico e ambiental aconteça. Clique aqui e conheça as 10 Medidas

 

 

 Dessa forma, o Presidente da República tem um papel fundamental para determinar ações que previnam ataques de doenças e protejam as florestas de cacau. Realinhar as bases de defesa com equipe de cientistas na linha de frente das pesquisas é o ponto de partida. Dessa forma teremos grandes chances das pragas e doenças não surpreenderem as autoridades. As 10 medidas são primordiais para preservar os nossos ecossistemas, a economia e garantir a sustentabilidade da cacauicultura brasileira e com isso evitar que o chocolate acabe. 

 

Conscientes da força, da responsabilidade e do respeito às riquezas da nossa pátria, atrelados a importância que o cacau e o chocolate possuem para o povo brasileiro, pedimos ao Excelentíssimo Presidente da República Federativa do Brasil que adote as 10 medidas propostas neste abaixo assinado e restabeleça a força da cacauicultura nacional.

                              ASSINE - CLIQUE AQUI